Tuesday, November 22, 2011

Oh Canada ♪

Depois de mais de dois meses, eu volto aqui pra avisar que estou morando em Montreal. Vou passar meio ano aqui, no frio, estudando francês. Meu próximo verão será só em dezembro de 2012 (se o mundo não acabar).

Minhas primeiras impressões de Montreal são ótimas. A cidade é toda organizada, as pessoas são super educadas, e o sistema de transporte público funciona muito bem. Não é impossível, viu, Florianópolis? Aqui você paga (meio caro, é verdade) por um determinado número de semanas, ou pelo mês todo, e tem um cartão que pode usar no ônibus e no metrô, quantas vezes por dia você quiser. No fim das contas, é mais barato e prático do que ficar pagando passagem por passagem, e facilita muito pra quem quer explorar a cidade e visitar vários lugares no mesmo dia.

A vista super canadense que eu tenho do meu quarto.
A faculdade Notre Dame, vista do santuário de São José.
As coisas que mais me chocaram aqui foram que os ônibus não têm catraca, e as pessoas entram em fila, por ordem de chegada no ponto; que os carros não têm placa na frente, só atrás; e que troco de um centavo é troco de um centavo mesmo. Nada de balinha.

Montreal é uma cidade linda, cheia de esquilos, de turistas, e de estudantes estrangeiros. Acho que eu vou voltar pro Brasil falando francês, inglês, e português com sotaque espanhol, de tanto mexicano, colombiano e venezuelano que tem por aqui.

Faz só uma semana que cheguei, mas já me adaptei bem. É frio. Muito frio. E o inverno nem começou ainda. Já nevou um pouquinho um dia, mas isso não é nada, comparado ao inverno de -25ºC de Montreal. Por enquanto, nessas de -5º com sensação térmica de -11º, eu estou aguentando bem. Difícil é entrar no metrô, ou na escola, e ser recebida por uma temperatura de mais de 25ºC. Não deve fazer bem esse negócio de sair do gelo e entrar no forno. Se no Brasil eu aprendi a sempre levar um casaco, porque alguém vai ligar o ar condicionado em 13ºC no verão, em Montreal eu já aprendi a andar sempre com uma camiseta por baixo das mil blusas e casacos. Alguém vai ligar a calefação em quase 30ºC. Encontrem um meio termo, gente.


Depois de uma semana de quatro horas de aula de francês por dia, e provas na quinta-feira, no domingo eu fui pra Ottawa com uma turma que conheci aqui na escola. Ottawa é uma graça de cidade, cheia de construções velhas e bonitas.

Ottawa.
Nós visitamos a casa do governador, o prédio do parlamento, e o Museu Canadense da Civilização, que é um lugar imenso cheio de coisas interessantes. Tem uma réplica de como era uma cidade no Canadá de 1800, e dá pra entrar nas lojas, na escola, nas casas. É tudo bonito.

Parlamento.
Réplicas das construções antigas do Canadá

Mas na verdade eu escrevi tudo isso aí em cima pra dar o contexto, e poder compartilhar essas próximas linhas com o mundo:

Logo que eu entrei no museu e peguei um mapa do lugar, tive uma crise de riso meio duvidosa. Imaginem qual não foi minha surpresa ao abrir o mapa e dar de cara com esse formato, hm, peculiar do museu:

Sou só eu, ou...?
Cada um interpreta como quiser.