Monday, June 13, 2011

Meu relacionamento com A Banda Mais Bonita da Cidade:

Dia 1: Ai gente, que lindo esse vídeo e essa música. Olha só!

Dia 2: Oun, gracinha.

Dia 3: Ok, agora todo mundo já viu, né?

Dia 4: Que legais essas paródias de Oração, haha.

Dia 5: Agora chega de paródias, né? Vão fazer suas próprias músicas.

Dia 6:  Meu amor essa é a última oração pra salvar seu coração, coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na despensa, cabe o meu amor, cabem três vidas inteiras, cabe uma penteadeira, cabe nós dois, cabe até o meu amor, essa é a última oração pra salvar seu coração, coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na despensa, cabe o meu amor, cabem três vidas inteiras, cabe uma penteadeira, cabe nós dois, cabe até o meu amor, essa é a última oração pra salvar seu coração, coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na despensa, cabe o meu amor, cabem três vidas inteiras, cabe uma penteadeira, cabe nós dois, cabe até o meu amor, essa é a última oração etc etc etc (em loop no cérebro por sete horas seguidas).

Dia 7: Estou lendo minha timeline no twitter, pensando em várias coisas diferentes, até que alguém a cita. Ela, a penteadeira. E eis que o Dia 6 se repete.

Dia 8: Idem ao Dia 7.

Dia 9: Idem ao Dia 8.

Dia 10, Dia 11, Dia 12: Idem aos dias anteriores.

Dia 13, Dia 14: NÃO AGÜENTO MAIS, ESTOU FICANDO MALUCA, PRECISO DE AJUDA, SAAAAAI DA MINHA CABEÇA.

Dia 15, Dia 16, Dia 17: Relativa calmaria. Uma pessoa ou outra ainda cita a despensa, mas não tem o mesmo efeito da penteadeira.

Dias atuais: Estou bem, superei. Recuperei minha sanidade, não tenho mais medo de abrir o twitter. Mas não vem me falar de penteadeira que eu surto.

3 comments:

Marco Y said...

Acho que sou um ET. Não passei por isto e não assisti a vídeo nenhum.

Só fiquei sabendo deste fenômeno pelo seu twitter e, posteriormente, por um artigo no caderno Ilustrada do jornal Folha de São Paulo.

Depois deste post fico na dúvida se devo ir atrás e conhecer esta banda...

Dy Rocha said...

nunca consigo nem ver, nem ouvir essa música até o final... quer dizer, são 6 minutos só disso!

Acho fofo, ma só os dois primeiros minutos, aí eu clico lá no botão de próxima música!

bjão!

Giselle de Almeida said...

Bom sinal, já nem lembrava mais da banda até ler o seu post :)