Tuesday, May 31, 2011

Dicas de moda, Allie Moss, e meu subconsciente perturbado.

Eu lavava a louça da janta. Minha mãe entrou na cozinha, resmungando sons estranhos que eram pra ser os primeiros versos de I Will, da Brandi Carlile, e fazendo um tipo de dança meio indígena.
Olhei pra ela, perplexa, enquanto ela continuava com seu, hm, ritual.

- Mãe, isso é a coisa mais ridícula que eu já vi.

Ela olhou pra mim:

- Ridícula tá você.

Era verdade.
Minha roupa era inexplicável. Da cintura pra baixo, eu estava de pijama: um bermudão de tecido até a canela, listrado, azul e cinza, e com um detalhe em vermelho na cintura; meias brancas e polainas, também listradas, em azul e branco. Estava frio. Da cintura pra cima, ainda não tinha trocado de roupa. Vestia uma blusa branca de gola alta, uma camisa xadrez azul e branca, e um casaco preto por cima.
Como eu disse, inexplicável.

***

A Allie Moss, cantora que gosto muito, me respondeu no twitter e disse "happy birthday, a little early".
É muita ternura em mim.
Como essa já é a quarta vez que ela fala comigo, me sinto no direito de dizer que ela é minha amiga. Minha amiga Allie Moss.

***

Meu pai está com o cérebro cansado e anda dizendo coisas do tipo "fritar água" e "cozinhar roupas". Eu, hein. Mas é divertido tentar interpretar o que ele diz.

***

Noite dessas tive o pesadelo mais metalingüístico da história: no pesadelo, eu estava dormindo e tendo vários pesadelos. Tinha a Bel Número 1, que sou eu mesma de carne e osso e estava dormindo na realidade. Bel 1 sonhava com a Bel Número 2, que, por sua (ou minha) vez, não estava conseguindo dormir direito dentro do sonho, porque cada vez que pegava no sono tinha um pesadelo diferente. Nesses pesadelos, a Bel Número 3 passava por umas situações bem ruins.
Não sei se me fiz entender. Provavelmente não.
De qualquer forma, em um dos sub-pesadelos da Bel 2, a Bel 3 estava sendo assaltada. Em outro, ela assistia a uma briga muito violenta que ia resultar em morte. Em outro ainda, a Bel 3 desaprendia a ler. Acho que esse foi o pior.
Eu, Bel 1, acordei tão cansada.

***

Vocês precisam ver minha mãe tentando falar "you will". É tipo a mulher do iutubiu, sério mesmo. Ela tenta falar, não consegue, e tem crise de riso. Pena que eu não tinha uma câmera pra filmar na hora.

1 comment:

Fabiane Bastos said...

Deviamos formar a tribo da modan estranha devido ao frio. Polainas? sou adepta das meias de dedinhos, não tem nada mais colorido q aquilo!!!

***
Sobre o sonho uma pergunta: Vc assistiu A Origem???