Monday, April 11, 2011

Dia 8: Série de livros que eu mais gosto.

Trilogia Millennium, do Stieg Larsson.

São os melhores livros que eu já li na vida.
Com a melhor personagem que eu já conheci na literatura.
Eu nem deveria falar muito, porque virei fã demais dessa trilogia. Sabe quando o livro é tão bom que chega a dar um desespero? Pois então.

Comecei a ler Os Homens Que Não Amavam As Mulheres sem saber direito do que se tratava. Achei o título interessante, e o preço do livro quase novo no sebo, mais ainda. Três dias e 522 páginas depois, eu já estava pedindo desculpas à Agatha Christie por achar outro escritor melhor que ela.
Gostei ainda mais dos dois livros seguintes: A Menina Que Brincava Com Fogo e A Rainha Do Castelo De Ar. Eu precisava ler com um algodão molhado em água gelada pra aliviar a ardência nos olhos. Fechava um olho pra passar o algodão gelado, e continuava lendo com o outro olho.

Não foi uma época muito saudável.

Crimes sexuais, (muitos) assassinatos, tráfico de mulheres, segredos de Estado, jornalistas-detetives, hackers e muito suspense.


Fico brava porque não fui eu que escrevi, fico triste porque a Lisbeth Salander vive na ficção e eu aqui fora na realidade, mas principalmente fico revoltada porque o Larsson morreu logo depois de terminar os três livros, que seriam apenas os primeiros de uma série de dez. E agora o mundo precisa esperar a mulher do falecido lutar contra a família dele pelos direitos autorais, porque ela diz ter um manuscrito quase acabado do que seria o quarto livro, e pretende publicá-lo se ganhar na justiça. Então talvez o povo que está ficando maluco precisando de mais um pouquinho de Mikael e Lisbeth e conspirações e investigações e nomes suecos confusos (leia-se "eu"), tenha um último consolo.

1 comment:

Thami said...

vou tirar print e pendurar na minha geladeira, filha.

bgs