Friday, October 01, 2010

Dia 6: Livro que menos prendeu minha atenção.

Não me sinto qualificada pra postar sobre isso por um motivo: não sou uma pessoa muito disciplinada. Ou seja, se um livro não prende minha atenção, eu abandono. Não gosto de ler por obrigação, ou por achar que tenho que ler tal autor ou serei uma pessoa indigna. Gosto muito de ler, mas o que eu tenho vontade e quando tenho vontade.

Por exemplo, é claro todo mundo que gosta de ler deveria conhecer Edgar Allan Poe. Eu tive que pesquisar um pouco sobre o autor pra escrever um trabalho sobre o Kafka há algum tempo, para entender as influências e tal, e achei interessante. Aí comprei Assassinatos na Rua Morgue e outras histórias, do Poe.

Parei na primeira das 'outras histórias'. Nem cheguei aos assassinatos.

Eu gosto de leitura que flui. Isso não significa leitura simples ou "povão", mas gosto de frases diretas, e que o autor mostre logo a que veio. É questão de gosto mesmo. Não me dou bem com poesia ou textos prolixos com frases de oito linhas. E a primeira das histórias do livro do Poe, O Demônio da Perversidade, é extremamente prolixa, com parágrafos de uma página. Por isso foi o livro que eu abandonei mais rapidamente. Talvez daqui um tempo eu me interesse novamente, já que continuo querendo conhecer direito o Poe. Quem sabe eu comece por outra história.

Sugestões?