Friday, November 14, 2008

Só pode ser pessoal.

Minha inspiração acabou completamente mesmo, e daí eu não quis vir aqui e postar coisas muito mais idiotas do que posto geralmente, mas aí a Versão me obrigou agora a vir atualizar o blog, então tá.

Oi, Versão, tudo bem?
E a família, como vai?
Novidades? Que que tem feito da vida?

Mentira.
Não é mentira que ela me obrigou, ela obrigou de verdade, mas vamos fingir que eu tenho algo mais a dizer.
__

Dia desses eu estava esperando a aula começar e precisava prender meu cabelo. Aquele horário o banheiro feminino já estava cheio, e eu odeio banheiro feminino cheio. Não gosto das conversas e do salão de beleza em que aquilo se transforma. Enfim.
Fui então discretamente usar o espelho do banheiro de deficientes. Nem acendi a luz porque não sei se é permitido que eu entre ali. Vai que alguém me vê e me acusa de não me adequar a algum quesito mínimo para poder entrar naquele espaço. Mas tudo bem, fui. Prendi o cabelo, ninguém me viu, saí, fui para a aula normalmente.
Na hora do intervalo uma lagoa havia surgido em frente ao banheiro de deficientes. Sério. Inundou o corredor inteiro, as pessoas quase tinham que nadar pra passar pro outro lado. E a lagoa ia aumentando e aumentando, e aí o pessoal da limpeza não conseguia secar o corredor, e depois de um tempo já tinha praticamente uma conferência ali pra descobrirem de onde vinha toda aquela água.

Nunca mais entro ali.
Vai que foi um sinal.

1 comment:

Marco Y said...

apenas uma pergunta: vc conseguiu não fazer cara de culpada?

risos