Thursday, October 02, 2008

Ouvindo e aprendendo

Aula de Planejamento em Comunicação.
Um dos grupos está lá na frente apresentando seu trabalho de planejamento de uma cobertura jornalística hipotética, mostrando que equipamentos iriam precisar, como seria o cronograma e tudo mais.
Em certo ponto da apresentação, o colega chega à parte dos custos:

"Pra alimentação a gente estipulou 35 reais", explica. A segunda parte da frase dele eu deixo aberta a interpretações: "Vai ser um elemento bem mais custoso" ou "vai ser um alimento bem mais gostoso".

Ainda não sei o que eu entendi errado e o que é o certo. Em qualquer outra situação eu teria certeza que a primeira opção é a correta, afinal, é uma frase muito mais acadêmica que a segunda. Mas é preciso considerar o contexto: parece-me lógico que uma alimentação mais cara seja mais saborosa (ou amorosa, vide post abaixo), não?

Palpites?

***

Mesma aula, um tempo depois.
Já falando sobre assessoria de imprensa, o professor pergunta para a turma alguns exemplos de empresas que são vistas de forma negativa pelos consumidores.
Depois de ouvir os exemplos, diz:

"Acho que podemos agrupar todas como calceta."

Perco a linha de raciocínio do professor enquanto me pergunto o que diabos é uma calceta. Termo técnico que eu deveria saber e sou ignorante demais? Palavrão? "Uma calça pequena, talvez", arrisca minha colega.

Depois de repetir milhares de vezes a palavra, o professor resolve escrever no quadro: call center.

Ah.

13 comments:

Anonymous said...

Ontem eu escutei nosso glorioso presidente falar sobre a crise americana e colocar a culpa nos "subprimo" americanos...

Ass: Primeiro Anônimo Psicopata, temendo o Segundo Anônimo Psicopata

Thami said...

aguardando, ansiosamente, os próximos capítulos.

Bel. said...

o que acontecerá? irá o Segundo Anônimo Psicopata aparecer novamente? irá o Primeiro Anônimo Psicopata recuar? estará Bel segura? terá o presidente direito de resposta?
oh, e agora?

Ton-Kun said...

Eu que sou o surdo da sala de aula e é VOCÊ que ouve mal?!?

PS: Espere que logo aparece um terceiro anônimo... Mais psicopata ainda...

Thami said...

cheguei cheguei!
Perdi alguma coisa?
Quem tá ganhando gente?

Anonymous said...

É Thami,
acho que mixou...

Thami said...

ah não anônimo!
resista!

Marco Y said...

Estou acompanhando esta história e vou aproveitar este momento de calmaria para mudar um pouco de assunto.

A Bel não postou sobre os resultados da experiência cienttífica que ela pretendia fazer com a mulher do ônibus.

Priscila said...

HUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHUH

parece até meu professor de micro, hauhauahuahuhah... pena que minha cabeça é ruim demais pra lembrar as pronúncias do inglês dele, mas a partir de hoje vou anotar tudo pra trazer pra cá.

Dauro Veras said...

Amei seu blog. Ainda quero ler um livro seu.

Nauro Jr said...

Me matei de rir deste post. Muito engraçado como os ruídos na comunicação podem gerar situações tão cômicas.

Anonymous said...

BEL,

peguei a dica no Blogger do Dauro - nossa você é mesmo "genial", também um dia gostaria de ler um livro seu,
Você me fez "sorrir" em um dia difícil, você tem alguma coisa de "leve, livre e solto" e muito inteligente.
Tenho idade de ser sua vó, mas me identifiquei muito com você - vai em frente, menininha, você tem futuro.
beijos
vó anônima

Thami said...

eba!