Thursday, January 17, 2008

Someday.

Um dia eu faria jornalismo, e aprenderia a falar inglês. Um dia eu aprenderia a tocar flauta, e moraria em uma casa de concreto na qual o chão não faria barulho à noite. Um dia eu teria uma collie preta, e o nome dela seria Nicole. Um dia eu andaria sozinha de avião. Um dia eu comeria Marshmallow novamente. Um dia um determinado lugar seria só uma memória feliz, marcada por um corte de cabelo diferente. Um dia eu teria os dvds de Gilmore Girls, e uma cortina verde no meu quarto. Um dia eu teria coragem de falar coisas que deveriam ser ditas, e um dia eu confiaria de verdade em alguém. Um dia algumas coisas iriam mudar.


Ah, um dia eu vou num show da Chantal Kreviazuk. E um dia eu vou tocar piano, ah, vou sim. E violino. Um dia eu vou ter um cavalo, e saber cavalgar. Um dia eu vou ter um sobretudo vermelho de lã, e eu vou andar na neve do jeito que a Anastasia anda durante Journey to the Past. E um dia eu vou ouvir Breakable dentro do avião. Um dia eu vou andar na chuva sem me preocupar se a minha franja vai ficar com formato de um S, ou parecendo o M do McDonald's. Um dia, ah, um dia eu vou saber resolver coisas sem me desesperar antes da hora. E, se possível, sem me desesperar na hora de desesperar também, seria ótimo. Um dia eu vou ter todos os livros da Agatha Christie. Um dia eu vou voltar a morar em São Paulo, depois do dia que eu for morar no Canadá. Um dia a gente vai sentar naquela varanda pra tomar um café e conversar, sabe? Um dia eu não vou mais cansar tão rápido das coisas, porque isso vai facilitar um tanto a minha vida. Um dia eu vou ter uma casa verde, e vai ter uma lareira na sala, e eu vou sentar ali e ler. Um dia algumas coisas vão mudar.

2 comments:

Gilmore Guy said...

Um dia eu leria esse texto e acharia ele o um dos mais lindos já escritos até hoje! *-*

Gilmore Guy said...

sem o "o" ali ^^